Um botão pode fazer a diferença!

Um botão pode fazer a diferença!


História conhecida: Você tá afim de comprar algo e sem sair de casa, procura em diversas lojas e acha um preço bacana (afinal, a internet está ai para romper as distâncias e os preços, não é?). Mas na parte do pagamento é preciso adicionar mais e mais informações. Dá até um desanimo e, muitas vezes, um “ah, outra hora faço isso”.

Anos atrás, a Amazon já se atentava a isso e patenteava o click-to-buy, mas ainda hoje muitos e-commerces não utilizam o serviço, seja por questões burocráticas/regulamentares (são necessárias algumas certificações para isso) ou mesmo não aproveitarem as oportunidades disso.

Não preciso falar de como estamos conectados em 2015, das novas oportunidades que nascem a cada dia e também de como os nossos smartphones estão virando nosso “controle”, facilitando como fazemos pagamentos, pedimos um táxi, uma pizza, conhecemos pessoas e blablabla.

Mas justamente pensando nesse mundo conectado e móvel, empresas estão se movimentando para deixar ainda mais rápido e fácil a maneira com que compramos. Antes de entrar no detalhe, é legal acompanhar essa evolução e como as coisas se encaixam: as buscas por mobile ultrapassando as feitas pelo desktop, “boom” dos apps de chat, o “boom” dos pagamentos móveis, transferências bancárias podendo ser feitas pelo Snapchat, pelo Messenger, Apple Pay, Android Pay, e agora, os botões de compra.

Google e Pinterest já anunciaram e inclusive já estão rodando testes dos seus buy buttons, justamente para facilitarem e acelerarem as compras (e aproveitarem o impulso dos nossos dedinhos nervosos).

O Instagram também já anunciou que testará novos formatos de anúncios, e o “Comprar Agora” será um deles. As blogueiras e seus posts patrocinados agradecem!

O Social Login (que já quebra um galho quando vamos nos registrar em algum lugar) prepara para um passo ainda maior, onde facilitar, agilizar e integrar são palavras mais constantes. Para os estabelecimentos é uma via de mão dupla: pode aumentar a conversão, mas pode ver as informações e dados que acumulam de seus clientes ficando um pouco mais distantes, visto que apesar de continuar com as responsabilidades da entrega, as indicações, sugestões e históricos serão usadas pelo Google e outras plataformas. E se somarmos a iniciativas como o Apple Pay e Android Pay, podemos observar que o mundo mobile, é um mundo cada vez mais veloz e cômodo e as marcas devem se atentar a isso. Pois no final das contas, além de detalhes, um botão pode fazer toda diferença (e nossas faturas vão perceber essas diferenças bem rápido!)

 

Fonte: Ideia de Marketing

 

+ Sem comentários

Adicione o seu